Projeto de Lei nº 936


  • Poder Executivo

Autoriza a concessão de uso gratuito, cumulada com doação futura de um terreno à empresa Montagner e Montagner Indústria de Calefatores e Churrasqueiras Ltda. e dá outras providências. Às Comissões.

MENSAGEM Nº 77/2019

Excelentíssimo (a) Senhor (a) Presidente,

Ilustríssimos (as) Senhores (as) Vereadores (as):

Cumpre-nos nesta oportunidade encaminhar a esta Colenda Câmara de Vereadores projeto de lei que visa dar em concessão de uso gratuito, cumulada com doação futura, um terreno à empresa MONTAGNER E MONTAGNER INDÚSTRIA DE CALEFATORES E CHURRASQUEIRAS LTDA, CNPJ nº 07.380.380/0001-86, e destina-se a instalação de uma unidade industrial de fabricação de equipamentos parrilla, calefatores, churrasqueiras, além da produção de peças, máquinas e  equipamentos.

A empresa iniciou suas atividades em 2005 e hoje é uma das maiores fabricantes, em seu segmento, no Brasil. Sendo que há um vasto potencial a ser explorado, juntamente com outros produtos a serem lançados com novas tecnologias e produtos diferenciados.

A concessão ora proposta, visa a projeção de construção de uma área de 3.200m² com incremento significativo de emprego e faturamento, e, considerando  o parecer favorável do Conselho de Desenvolvimento do Município de Ijuí - CODEMI, entendemos justo a concessão do terreno, com viés no desenvolvimento econômico e social que a empresa desenvolve e potencializará em nosso município, a partir de sua instalação em novo espaço, mais amplo e melhor qualificado.

VALDIR HECK

Prefeito

PROJETO DE LEI

Autoriza a concessão de uso gratuito, cumulada com doação futura de um terreno à empresa Montagner e Montagner Indústria de Calefatores e Churrasqueiras Ltda, e dá outras providências.

Art. 1º Fica o Poder Executivo Municipal autorizado a dar em concessão de uso gratuito à Empresa MONTAGNER E MONTAGNER INDÚSTRIA DE CALEFATORES E CHURRASQUEIRAS LTDA, CNPJ nº 07.380.380/0001-86, um terreno urbano, localizado entre as linhas 6 e 7 Leste, no Município de Ijuí, com área total de sete mil, quinhentos e vinte e um metros quadrados e vinte e cinco decímetros quadrados (7.521,25m²), sendo seis mil, trezentos e oitenta e três metros quadrados e dez decímetros quadrados (6.383,10m²) sobre parte da transcrição das transmissões nº 23.164 e o restante de mil, cento e trinta e oito metros quadrados e quinze decímetros quadrados (1.138,15m²) matriculado sobre parte da transcrição das transmissões nº 57.003, com as seguintes confrontações: ao nordeste, com rua sem denominação, que dá acesso à casa de passageiros do Aeroporto Municipal João Batista Bós Filho na extensão de oitenta metros (80,00m); ao leste, com terras do Município de Ijuí, na extensão de setenta e nove metros e cinquenta centímetros (79,50m); ao noroeste, fazendo divisa com terras do Município de Ijuí, na extensão de noventa e dois metros (92,0m); ao sudoeste, confrontando em linha curva com a faixa de domínio da BR-285, na extensão de cem metros (100,00m), conforme planta em anexo, parte integrante da presente lei.

Art. 2º A construção das instalações da empresa MONTAGNER E MONTAGNER INDÚSTRIA DE CALEFATORES E CHURRASQUEIRAS LTDA, CNPJ nº 07.380.380/0001-86, de que trata o art. 1º, deve ser iniciada e concluída para seu funcionamento efetivo no período máximo de dois (2) anos, a contar da promulgação desta Lei, podendo o período ser prorrogado por mais um (1) ano a requerimento da interessada, dirigido à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.

Parágrafo único. O pedido de prorrogação, se necessário, deverá ser encaminhado três (3) meses antes do prazo limite especificado no “caput” do art. 2º, desde que fique evidenciado, com fundamento, os motivos apresentados para a impossibilidade de conclusão do empreendimento no prazo fixado, sob pena da Empresa beneficiada, obrigar-se a devolver o imóvel ao final do segundo ano de concessão.

Art. 3º A concessão de uso gratuito, cumulada com doação futura autorizada no art. 1º será pelo período de dez (10) anos, a contar da data da sanção desta Lei, e destina-se a instalação de uma unidade de fabricação de calefatores e churrasqueiras e produção de peças, máquinas e equipamentos em conformidade com o projeto apresentado.

Art. 4º No decorrer da concessão de uso gratuito, cumulada com doação futura cabe a uma Comissão Especial, designada pelo Prefeito Municipal, acompanhar e fiscalizar todas as fases do projeto, desde a ocupação do imóvel até o funcionamento das atividades projetadas, para no prazo mencionado no art. 2º, oferecer parecer conclusivo e idôneo quanto à viabilidade econômica e os benefícios proporcionados à comunidade, bem como sugerir, ao final, pela permanência ou desativação da empresa no imóvel dado em concessão.

Art. 5º Findo o prazo da concessão, se a Comissão que acompanhou e fiscalizou a instalação e funcionamento do projeto implantado, concluir pela inviabilidade econômica ou por aspectos diversos que não resultarem em benefícios à municipalidade, caberá ao Município de Ijuí notificar a empresa beneficiária para fazer a devolução do imóvel na forma como recebeu, num prazo máximo de noventa (90) dias.

Art. 6º Havendo parecer favorável da Comissão Especial, fica o Município de Ijuí autorizado a doar o imóvel descrito no art. 1º à empresa MONTAGNER E MONTAGNER INDÚSTRIA DE CALEFATORES E CHURRASQUEIRAS LTDA, CNPJ nº 07.380.380/0001-86, outorgando-lhe posse e a propriedade definitiva mediante escritura pública a ser lavrada em tabelionato da Comarca de Ijuí, ao final da concessão.

Art. 7º Fica a Empresa MONTAGNER E MONTAGNER INDÚSTRIA DE CALEFATORES E CHURRASQUEIRAS LTDA, CNPJ nº 07.380.380/0001-86 responsável pela conservação e manutenção do controle e preservação de impacto ambiental em conformidade com as legislações federal, estadual e municipal vigentes, respondendo administrativa, civil e criminalmente em relação à área recebida em concessão conforme define o art. 1º.

Art. 8º Fica a Empresa MONTAGNER E MONTAGNER INDÚSTRIA DE CALEFATORES E CHURRASQUEIRAS LTDA, CNPJ nº 07.380.380/0001-86 proibida de dar qualquer destinação diversa e contrária às disposições desta Lei ao imóvel cedido, no decorrer da concessão, devendo utilizá-lo única e exclusivamente, na atividade proposta.

Art. 9º Fica igualmente proibido, gravar o imóvel cedido, através de ônus reais e hipotecários, no decorrer da concessão por eventuais débitos ou financiamentos contraídos pela empresa MONTAGNER E MONTAGNER INDÚSTRIA DE CALEFATORES E CHURRASQUEIRAS LTDA, CNPJ nº 07.380.380/0001-86.

Art. 10 A empresa MONTAGNER E MONTAGNER INDÚSTRIA DE CALEFATORES E CHURRASQUEIRAS LTDA, CNPJ nº 07.380.380/0001-86, fica obrigada a devolver o imóvel ao Município de Ijuí, durante a concessão, independentemente de notificação judicial, sem ônus aos cofres municipais, na ocorrência das seguintes hipóteses:

I - se ao final da concessão não estiver totalmente instalada e em pleno funcionamento o empreendimento e as atividades demonstradas no projeto;

II - se a empresa beneficiária mudar, estabelecer ou anexar outro ramo de negócio durante a vigência da concessão, sem que haja autorização legal e expressa do Município de Ijuí;

III - se ocorrer concessão ou transferência do imóvel, total ou parcial, ou a associação com terceiros sem expresso consentimento legal do Município de Ijuí;

IV - decretação de falência, pedido de recuperação judicial ou a instauração de concurso de credores;

V - dissolução da empresa ou desaparecimento ou falecimento de todos os sócios ou responsáveis pela empresa MONTAGNER E MONTAGNER INDÚSTRIA DE CALEFATORES E CHURRASQUEIRAS LTDA, CNPJ nº 07.380.380/0001-86;

VI - alteração social ou a modificação da finalidade ou da estrutura da Empresa, que o juízo do Município de Ijuí ou órgão que o represente, concluir pela inviabilidade do empreendimento inicialmente proposto;

VII - protesto de títulos ou a emissão de cheques sem suficiente provisão que caracterize a insolvência da empresa beneficiária;

VIII - demonstração de incapacidade dos sócios ou responsáveis pela empresa, caracterizada pelo não cumprimento das disposições fixadas na presente Lei;

XIX - deixar de pagar os impostos e taxas do município.

Art. 11. Na devolução do imóvel dado em concessão ou posteriormente doado, por infrações imputáveis à empresa beneficiária, desde que enquadrada nas hipóteses do art. 10 ou a outras disposições proibitivas da presente Lei, as benfeitorias acrescidas deverão ser levantadas num período máximo de noventa (90) dias independentemente de notificação, sob pena de não o fazendo neste prazo, incorporarem-se definitivamente ao patrimônio público municipal, sem que caiba por isso quaisquer indenizações ou reclamações futuras.

Art. 12. É de responsabilidade da Empresa MONTAGNER E MONTAGNER INDÚSTRIA DE CALEFATORES E CHURRASQUEIRAS LTDA, CNPJ nº 07.380.380/0001-86 a infraestrutura da área, tais como, cercamento, pavimentação do passeio público, de instalação de energia elétrica, rede de abastecimento de água, destinação correta de resíduos e de esgotamento sanitário, rede de internet e telefonia, entre outras estruturas necessárias ao funcionamento da empresa, relativas ao uso da área cedida em concessão de uso.

Parágrafo único. Será de responsabilidade da empresa a realização da pavimentação da via pública em frente ao seu estabelecimento, podendo ratear 50% (cinquenta por cento) do valor, com os lindeiros.

Art. 13. A Empresa será responsável direta pelo pagamento das obrigações fiscais, tributárias, trabalhistas e previdenciárias concernentes à sua atividade, bem como por quaisquer atos e infrações cometidos por seus sócios, empregados ou prepostos, não cabendo ao Poder Público do Município de Ijuí, qualquer responsabilidade, direta ou indireta por pagamento de débitos referente a financiamentos ou dividas contraídas pela empresa MONTAGNER E MONTAGNER INDÚSTRIA DE CALEFATORES E CHURRASQUEIRAS LTDA, CNPJ nº 07.380.380/0001-86.

Parágrafo único. Cabe a Empresa MONTAGNER E MONTAGNER INDÚSTRIA DE CALEFATORES E CHURRASQUEIRAS LTDA, CNPJ nº 07.380.380/0001-86, durante o período de concessão de uso, o pagamento do IPTU - Imposto Predial Territorial Urbano e ISS - Imposto Sobre Serviços, bem como demais impostos e taxas na forma da lei.

Art. 14. Faz parte integrante da presente lei, a documentação de comprovação de regularidade da empresa MONTAGNER E MONTAGNER INDÚSTRIA DE CALEFATORES E CHURRASQUEIRAS LTDA, CNPJ nº 07.380.380/0001-86, o projeto execução do imóvel aprovado pelo órgão competente para implantação e croqui da área cedida em concessão de uso.

Art. 15. Aplicam-se subsidiariamente as disposições da Lei Municipal nº 4.049, de 17 de dezembro de 2002 ou de outra que venha a substituí-la.

Art. 16. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.



Tramitações

12/08/2019 APROVADA
08/07/2019 REMETIDA ÀS COMISSÕES

Fale conosco

Mande suas críticas e sugestões para o portal

Contato

Imprensa

Se você é imprensa cadastre-se e receba as notícias fresquinhas

Cadastre-se

Curta

Rua Benjamin Constant, 116, Centro, 98700-000, Ijuí - RS
Caixa Postal, 541 - Cep: 98700-000 - Telefone: (55)3331-0100

Horário de atendimento: Atendimento ao público de segunda-feira: 12h às 18h. De terça a sexta-feira: 07h às 13h. Segundas-feiras sessão plenária ordinária a partir das 18 horas.

Visualizar mapa